Colunista Joãozito Silva Notícias

NOVA COLUNA POLÍTICA EM DIA – JOÃOZITO SILVA

vai-e-faz_720x90

Fogo amigo

Na reunião da direção do PSDB, parlamentares e prefeitos, apenas o presidente do partido, ex-deputado Ruy Carneiro, não se manifestou enfaticamente a favor da pré-candidatura do prefeito Romero Rodrigues ao governo. “ Ruy trabalha contra Romero e a favor do prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo”, disse um tucano campinense.

Prazo polêmico

O senador Cássio Cunha Lima (PSDB) discorda de Cartaxo que cobra da oposição a definição do nome do candidato a governador para o final de  janeiro nem de Romero, que empurra com a barriga a definição para 7 de abril, data final do prazo de desincompatibilização de cargo.

Após o carnaval

“É claro que (PSDB) não vamos tomar essa decisão no prazo final de desincompatibilização, mas também não será tomada em janeiro. Nem oito nem oitenta. Não será em janeiro, mas também não ficará para abril”, afirma Cássio.

Pista dupla

Após antecipar as audiências públicas do Orçamento Democrático, o governador Ricardo Coutinho (PSB) anunciou que até 31 de março deste ano vai entregar 104 obras em todo estado somando mais de R$ 400 milhões. É uma pista de que pode deixar o governo para concorrer a senador.

Mudança radical

Com a chegada do vereador Márcio Melo (PSDC) no comando do MDB de Campina Grande, a convite do senador José Maranhão, não somente o deputado Veneziano Vital do Rêgo vai deixar a legenda. A secretária executiva da Casa Civil, Ana Cláudia Vital do Rêgo, o vereador Olímpio Oliveira e cerca de 200 filiados devem migrar para outro partido.  

Nova bandeira

Expulso por “infidelidade partidária” do Avante, o deputado estadual Inácio Falcão praticamente definiu por qual legenda vai disputar a reeleição no pleito de outubro deste ano: o PPS. A filiação já foi acertada com o presidente estadual da legenda, Nonato Bandeira.

Agora vai!

O ministro Humberto Martins, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), concedeu liminar autorizando a posse da deputada Cristiane Brasil como ministra do Trabalho. Condenada em um processo, por dívidas trabalhistas. A oposição ao governo diz que a raposa vai tomar  conta do galinheiro.

O Brasil vai parar

Na próxima quarta-feira dia (24), a apelação criminal do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) será julgada pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), em Porto Alegre. A partir das 8h30, os três juízes da 8º Turma do TRF4 vão analisar o recurso no caso tríplex. O julgamento vai ser transmitido pela internet.

Comentários

comments

vai-e-faz_720x90