Colunista Joãozito Silva Notícias

NOVA COLUNA POLÍTICA EM DIA – JOÃOZITO SILVA

vai-e-faz_720x90

Cordão vermelho

A tradição procissão deste domingo, em Boqueirão, deve atrair, além de fiéis, políticos e pré-candidatos a governador de vários partidos. O prefeito João Paulo II (PSD) convidou o governador Ricardo Coutinho (PSB) e o secretário João Azevedo (PSB), este virtual postulante ao Palácio da Redenção, além de seus deputados Manoel Ludgério e Rômulo Gouveia, ambos do PSD.

Cordão azul

Por sua vez, o ex-deputado Carlos Dunga convidou para a procissão os pré-candidatos ao governo Romero Rodrigues (PSD), Luciano Cartaxo (PSD) e  José Maranhão (MDB), bem como o senador Cássio Cunha Lima (PSDB) e os deputados Pedro Cunha Lima (PSDB) e Renato Gadelha (PSC).

Fogo amigo

Indicado pelo deputado Pedro Cunha Lima , o secretário-adjunto de Habitação de João Pessoa, André Coelho, anunciou o apoio ao pré-candidato a governador Luciano Cartaxo (PSD). Depois do presidente estadual do PSDB, Ruy Carneiro, André é mais um tucano a não apoiar o prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues, ao Palácio da Redenção.

Entra e sai

Além de Márcio Melo (PSDC), foram convidados para entrar no MDB campinense os vereadores Alexandre do Sindicato (PHS) e Ivam Batista (PSDB). Enquanto eles chegam o deputado Veneziano Vital do Rêgo e o vereador Olímpio Oliveira devem sair do partido.

Prefeitáveis

Depois que o deputado Manoel Ludgério (PSD) revelou que pretende concorrer à Prefeitura de Campina Grande nas eleições de 2020, mais dois nomes dois  deputados anunciaram a intenção de disputar o pleito para o Palácio do Bispo: Tovar Correia Lima (PSDB) e Daniella Ribeiro (PP).

Concurso na PMCG

Vai ser lançado, no segundo semestre de 2018, o edital para abertura de concurso público da Câmara Municipal de Campina Grande. A informação foi divulgada nesta quinta-feira (25), pela presidente da Casa Legislativa, a vereadora Ivonete Ludgério (PSD). Ainda não há definição sobre a quantidade de vagas, no entanto, pelo menos 40 cargos devem ser abertos para preenchimento imediato.

Mais gastos

Mais uma contradição do presidente Michel Temer. Diz que o governo não tem mais recursos, no entanto, pretende criar o Ministério da Segurança Pública. O atual Ministério da Justiça e Segurança Pública seria desmembrado durante a reforma ministerial de abril – prazo final para a permanência no governo dos ministros que serão candidatos em outubro.

 

Candidato na prisão

Do paraibano e senador pelo Rio de Janeiro, Lindbergh Farias (PT): “Se prenderem Lula, ele vai ser candidato preso. Lula vai ser candidato de todo jeito. Mesmo preso. Vamos colocar isso para o povo. Se eles acham que prendendo vão tirar Lula da eleição, já tomamos nossa decisão. A gente quer que o povo opine sobre o que está acontecendo. Ele vai ser um candidato mais forte ainda”.

 

Outdoor de Bolsonaro

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) negou pedido de liminar do Ministério Público que solicitou a retirada de outdoors com suposta propaganda eleitoral em favor do deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ) em municípios baianos. O slogan:  “Brasil acima de tudo, Deus acima de todos. Bolsonaro. Pela honra, moral e ética. Paulo Afonso – BA”.

Liberou geral

Segundo o TSE, estão liberados a participação em programas, encontros ou debates no rádio, na televisão e na internet; realização de encontros, seminários ou congressos em ambiente fechado e às expensas dos partidos políticos; realização de prévias partidárias e a respectiva distribuição de material informativo; divulgação de atos de parlamentares; e o posicionamento pessoal sobre questões políticas, entre outros.

 

Comentários

comments

vai-e-faz_720x90