Colunista Joãozito Silva Notícias

POLÍCA EM DIA – JOÃOZITO SILVA

vai-e-faz_720x90

União por Campina

As lideranças políticas de Campina Grande se esqueceram das divergências
eleitorais e se uniram por uma boa causa. O ex-prefeito e atual deputado
Veneziano Vital do Rêgo (PMDB), o prefeito Romero Rodrigues (PSDB), o
senador Cássio Cunha Lima (PSDB) e o deputado Damião Feliciano (PDT), a
presidente da Câmara Municipal, Ivonete Ludgério, e demais vereadores
participaram, em Brasília, da Reunião do Conselho Consultivo do Instituto do
Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, onde a Feira Central de Campina
Grande foi reconhecida como Patrimônio Cultural do Brasil.

Pela revitalização

O pedido de reconhecimento foi feito há 10 anos pelo então prefeito Veneziano.
A causa foi abraçada por Romero e demais lideranças campinenses. É essa
união de forças que a população quer. Agora, a luta deve ser para garantir
recursos federais com vistas à revitalização da Feira Central, o patrimônio
nacional.

Briga das obras

Após a polêmica pelo fim do racionamento de água, o prefeito Romero Rodrigues e o
governador Ricardo Coutinho preparam um pacote de inaugurações, obras e anúncio
de investimentos para marcar o aniversário de 153 anos de emancipação política e
administrativa de Campina Grande

Assembleia da CNBB

A 52ª Assembleia Pastoral Regional, da CNBB, Nordeste 2, termina nesta sexta-feira
(29). Cerca de 160 pessoas entre bispos, padres, religiosos(as) e leigos(as) estão no
Convento Ipuarana, cidade de Lagoa Seca, diocese de Campina Grande. O Tema da
Assembleia deste ano é “A Igreja a serviço da vida plena para todos”, e o lema: “Eu vim
para que todos tenham vida plena” (Jo 10,10).

Crise e esperança

Referencial para as pastorais sociais, o bispo de Pesqueira – PE, Dom José Luis Salles,
afirma que é importante debater a atual situação do país. “Diante da crise podemos ser
levados ao desânimo, a perca da esperança. E uma assembleia neste momento, com esta
temática, nos ajuda a entender melhor o que estamos vivendo e ter reanimada a
esperança”, afirma Dom José Luis.

Recurso em Lagoa Seca

A Procuradoria Jurídica da Prefeitura de Lagoa Seca recorreu da decisão da juíza
Adriana Lóssio que suspendeu a nomeação como chefe de gabinete o vereador Fabiano
Ramalho, irmão do prefeito Fábio Ramalho. O recurso ao Tribunal de Justiça da Paraíba
(Agravo de Instrumento) tem como relator o desembargador Marcos Cavalcante.

Improbidade

Na decisão, a juíza Adriana Lóssio ressalta que o prefeito Fábio Ramalho enviou
projeto de lei para a Câmara Municipal, em regime de urgência, no início do ano,
“transformando a natureza jurídica

A bela e a fera

Na campanha de 2006, Ciro Gomes, na época do PPS, fez campanha para a
Presidência da República ao lado da então esposa, a atriz global Patrícia Pilar. No
próximo ano, Ciro, agora no PDT, vai rodar o Brasil ao lado atual namorada, a ex-
bailarina do Planeta Xuxa, Giselle Bezerra. Depois da modelo Marcelo Temer, o Brasil
pode ter uma bailarina como primeira-dama.

 

Fundo de campanha

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, adiou para a semana que vem a votação do
projeto que cria um fundo público para o custeio das campanhas eleitorais (PL
8612/17). Vão ser destinados menos R$ 1,7 bilhão em recursos públicos para o pleito
de 2018. Os senadores paraibanos Raimundo Lira (PMDB) e Cássio Cunha Lima
(PSDB) se posicionaram contra a criação do fundo.

De pior a pior

Os políticos brasileiros são os menos confiáveis do mundo, segundo o relatório do
Fórum Econômico Mundial, aquele que reúne os países mais ricos do planeta. No Índice
de Competitividade Global, especialmente no sub-item “Confiança do público nos
políticos”, o Brasil aparece na 137ª posição, o último lugar, já que são 137 os países que
compõem o Índice.

Lava Jato

Apesar dessa vergonhosa colocação, o Brasil melhorou 11 posições no quesito
“instituições” Melhora que, segundo o relatório que acompanha o ranking, se deve pelo
menos em parte à Operação Lava Jato. Não deixa de ser um desmentido aos comentários
feitos por acusados e seus defensores de que a Lava Jato prejudica a economia, ao atingir
grandes empresas e seus principais executivos.

Comentários

comments

vai-e-faz_720x90